TENTATIVA DE INVASÃO NA CASA DO GPM DE ASSUNÇÃO DO PIAUÍ NÃO FOI TENTATIVA DE HOMICÍDIO, DIZ FAMÍLIA DO PRESO. Veja!

A redação do Assunção Livre foi procurada nesta manhã (25/04), por familiares de Raimundo Roberto de Fernandes Bezerra, o “Robério”, preso no último domingo, acusado por invasão a casa do Grupo da Polícia Militar – GPM de Assunção do Piauí, na noite de sábado (23/04).

 

Segundo membros da família, o acusado saiu de sua residência, após uma discussão com sua companheira, para pedir ajuda a polícia para ir até sua casa e conter as agressões de sua esposa que teria, naquele momento, bagunçado a casa e rasgado suas roupas e documentos e, meio embriagado, ao bater o portão da casa da polícia e não ter retorno, resolveu tentar quebrar o portão, de maneira furiosa, e foi ai que ouviu gritos do Policial Cabo Ozias que, resolveu espantar o acusado com um disparo de arma para cima.

 

A família ainda conta, que o acusado não tem costume de portar-se desta forma e que a história de ele estar portando uma faca não confere, até porque se ele estivesse armado teria ferido a companheira durante a confusão em sua residência.

 

A família denúncia também, que o agrupamento de PM,s que prenderam o acusado e mais um colega do acusado conhecido como “Banguelinho”, durante a prisão dos mesmos, ainda em Assunção do Piauí, bateram bastante nos dois.

 

A Delegacia de Polícia Civil de Castelo do Piauí, para onde foi o preso, na pessoa do Delegado Bel. Renato Pinheiro, falou a nossa redação que vai apurar se houve realmente abuso de poder por parte dos policiais. O outro preso “Banguelinho” foi solto no mesmo dia.

 

SAIBA MAIS SOBRE ESTE CASO

 

Fonte: Jarllon Assunção

Edição: Assunç@oLivre

Publicação: 25/04/2016 20h39m

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!