PRODUÇÃO DE MEL DE ABELHA É REATIVADA NO ASSENTAMENTO CAPRISA, Veja!

"DE TODOS OS TRABALHOS FAMILIAR O MELHOR DELES É A COLHEITA DO MEL..."

 

Depois de três anos de seca, com morte de animais, perda de safra de legumes e a perda dos enxames de abelhas o Assentamento Caprisa, zona rural, 31 km de Assunção do Piauí/PI, depois de terem os seus enxames de volta no período de fevereiro deste ano, voltou a realizar a colheita do mel de abelha que é produzido em caixas espalhadas nos quintais do assentamento.

 

A equipe do Assunc@oLivre representada por Caetano Silva, juntamente com o pessoal do STTR de Assunção do Piauí representada por Valdizon Antonio de Abreu foram convidadas a presenciar um processamento de colheita do mel na noite do dia 19/05/2014 e, estivemos lá acompanhando todos os detalhes.

 

Ao chegar ao Assentamento Caprisa fomos recebidos pela família de Aldino Bezerra Lima (36 anos) e de Aldenir da Silva Macedo (31 anos) que realizam o trabalho familiar juntamente com o filho José Adeilson Macedo Lima (15 anos) e com o irmão de Aldino de nome Aldemir Bezerra Lima (24 anos).

 

Primeiro, quando chega à noite, Aldino mais o irmão e o filho, preparam o material de fazer fumaça, vestem as roupas apropriadas, pegam o trator e vai lá ao mato juntar as caixas (colméia) e trazem até um galpão improvisado longe das casas de família, e neste local acontece o processo de coleta do mel que você ver passo a passo nas fotos abaixo. Um processo que levou o tempo de 18:00h. até as 22:00h.

 

“De todos os trabalhos que a minha família realiza aqui em casa o melhor deles é o da colheita do mel,... é como se agente estivesse juntando ouro líquido, sabe?”, disse Aldenir Macedo, com um olhar de felicidade, que nesta noite foram coletados mais de 150 kg de mel de um total de 14 caixas.

 

Só este ano, a família de Aldino já coletou mais 500 kg de que, somando com a produção de outras famílias dos Núcleos Bezerra e Morrinho já passa de 1 e ¹/2 tonelada de mel exportada do assentamento. O produto é destinado a uma cooperativa em Valença/PI que faz o envelopamento e vende até para países da Europa. 

 (Transporte das colmeias é feito com o trator)

 (Sec. de Pol. Agrócola do STTR de Assunção do Piauí Valdizon acompanha coleta do mel ao lado de Aldemir)

 (Adeilson coloca as colmeias da "melgueira" para separação do mel)

 (Ao girar a melgueira o mel separa das colmeias e vai direto para o balde de coleta)

 (Depois da colheita, as caixas com as colméias voltam para o mato e, a limpeza do local fica por conta das abelhas nou outro dia).

 

Fonte/Foto: Caetano Silva

Edição: Assunc@oLivre       

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!