MAIS UMA EVIDÊNCIA, QUILOMBO SÍTIO VELHO TORNA-SE PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE. Veja!

Documento surgiu de um Fórum no Piauí.

 

De acordo com as informações que nos foram repassadas pelo Presidente da Associação de Moradores da comunidade José Francisco (Tatu), recentemente (set/2014) os moradores da Comunidade Quilombola Sítio Velho, zona rural de Assunção do Piauí/PI, foram surpreendidos com a chegada de uma equipe do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN que compareceram ao local para fazer a entrega do livro “Bens Negros” que trata da referência cultural em comunidades quilombolas do Piauí, entre elas está, em destaque, a Comunidade Quilombola de Sítio Velho, que a partir da divulgação deste trabalho passa a ser reconhecida nacionalmente como Patrimônio Cultural da Humanidade.

 

Para se chegar a este resultado foi realizado um longo processo, iniciado a partir de 2005 com um diagnóstico da comunidade feito por várias instituições federais, estaduais e ONG´s, inclusive com a participação da prefeitura do município, uma visita do próprio IPHAN no ano de 2007 na realização de uma farinhada na comunidade dirigida pelo patriarca “Major” (in memória) e, por último, um documento aprovado pelo “I Fórum: Comunidades Quilombolas do Estado do Piauí e Patrimônio Cultural”, realizado, em agosto de 2008, pelo Ministério da Cultura do Governo Federal e parceiros.

 

“Fiquei muito feliz e ao mesmo tempo comovida com este livro de história, eles chegaram à minha porta procurando pelo Major e eu disse: ...Major está morando com Deus há dois anos”, disse emocionada Dona Rosa Francisca, viúva de Major, contando para nós do Assunção Livre sobre o momento do encontro com o pessoal do IPHAN, durante entrega do livro.

 

O livro “Bens Negros” trata sobre a formação, sua gente e a cultura local de cada uma das Comunidades Quilombolas do Piauí, e por apresentar um traço de tradição mais conservadora o Sítio Velho chamou a atenção dos autores para um destaque maior.  Ao todo são mais de 20 comunidades espalhadas por 17 municípios do Piauí.   

 (Foto da capa do livro "Bens Negros")

 (Fotos/Recortes do livro Bens Negros) 

 {Dona Rosa Francisca, seu esposo falecido Major e Paulo Roberto (Paulo da Iluminação), foto do ano 2005}

 

CONHEÇA MAIS SOBRE O SÍTIO VELHO

 

Fonte: Caetano Silva

Fotos: Recortes do livro Bens Negros / IPHAN

Edição: Assunc@oLivre         

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!