DENÚNCIA! MÉDICA É HOSTILIZADA POR VICE-PREFEITO EM ASSUNÇÃO DO PIAUÍ E VEREADORA DENUNCIA. Veja!

"Nunca tinha passado por tamanho constrangimento em toda a minha vida".

 

A Vereadora e Agente Comunitária de Saúde de Assunção do Piauí Marinete Alves Santana (Neta Santana / PSDB), procurou a redação do Portal Assunção Livre, na tarde deste domingo (29/03), por volta das 16h11m, para nos comunicar e denunciar que, naquele momento acabara de presenciar uma das cenas mais humilhantes de sua vida, fato ocorrido no Posto de Saúde Pública da sede do município de Assunção do Piauí, a 281 km de Teresina.

Segundo a Vereadora Neta Santana, estava no Posto de Saúde, por volta das 3h da tarde, daquele mesmo dia, acompanhando o atendimento médico das gestantes que realizavam o exame de ultrassonografia, realizado pela Dra. Lidiana Borges Chaves, de Teresina (PI), contratada pela Secretaria de Saúde do Município para realizar este serviço uma única vez por mês na referida cidade que, de acordo com o contrato só para atender 100 pacientes nesta única etapa do mês.

Ocorre que, segundo testemunhou a vereadora, neste dia 29 de março, a médica, depois de realizar o atendimento dos 100 pacientes e, vendo que tinha mais gente na fila, distribuiu mais 3 fichas e concluiu o atendimento total de 103 pessoas e, quando já dado o expediente por encerrado e com todo o equipamento desmontado e embalado para retornar a Teresina, o Vice-Prefeito de Assunção do Piauí Antonio Luiz Neto (Netinho) chegou com mais uma paciente em seu carro para realizar o exame e ao entrar no Posto de Saúde, a Dra. Lidiana pediu desculpas aquele Senhor que antes não havia se identificado e anunciou que os trabalhos já haviam finalizados e que não era mais possível atender aquela paciente naquele momento e que já havia despachado outras 3 pessoas que ali chegara, também posterior ao momento de distribuição das fichas. Mas, inconformado com a situação, o Vice-Prefeito se dirigiu para a profissional e disse: “não estou lhe pedido, estou lhe mandando e você vai fazer este atendimento agora”, e constrangida com a situação a médica ligou para a Secretária Municipal de Saúde Rosimar de França Lima que não deu muita atenção para o caso e, quanto mais a médica se recusava em fazer o atendimento mais a autoridade hostilizava a profissional no meio do público que permanecia naquele estabelecimento de saúde. E em meio à humilhação, vexame e nervosismo a médica montou a sala novamente e realizou o atendimento forçado pelo Vice-Prefeito da cidade.

Ainda ontem (29/03), por volta das 19h15m, nós conseguimos falar, por telefone, com a Dra. Lidiana, que confirmou a hostilidade sofrida e acrescentou “nuca tinha passado por tamanho constrangimento em toda a minha vida, aquele Vice-Prefeito é um Cavalo, estúpido e bruto, meu contrato só é para atender 100 pessoas, a secretária de saúde já havia me dado ordem, caso eu atendesse uma pessoa a mais eu iria pagar do meu bolso e eu não posso trabalhar de graças, é eles que têm que pagar os exames para as pessoas, é eles que têm muito dinheiro”, disse Dra. Lidiana, informando ainda que os gestores de saúde colocaram a população presente contra ela, como se ela era quem estivesse negando o serviço a população.

Mais de 12 pacientes, incluindo gestantes e outros casos, não tiveram atendimento, ficando por tanto, a opção de aguardar o próximo mês ou então fazer nos órgãos particulares. A população ficou revoltada com a situação, de um lado a falta de programação da saúde pública e, do outro, a defesa do vice-prefeito voltada para uma única pessoa.

Desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela, gera detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos, ou multa, conforme Art. 331 do Código de Processo Penal.

 

A nossa redação procurou, por telefone, falar com a secretária de saúde e o vice-prefeito do município, para obter declaração sobre o assunto mas os mesmos não foram encontrados, ressalvando a eles o direito comentar o assunto a qualquer momento.

 (Dra. Lidiana, durante expediente no Posto de Saúde)

(Acima, imagem do prontuário de atendimento)

 

Fonte/Foto: Caetano Silva

Redação: Assunc@oLivre

Publicação: 30/03/2015 05h29m

 

 

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!