SERVIÇOS DE CARTÓRIO ATENDERÃO POPULAÇÃO RURAL DE ASSUNÇÃO DO PIAUÍ

O Cartório Cavalcante Junior (2º Ofício) da Comarca de São Miguel do Tapuio/PI, representado pelo Chefe e Oficial do Registro Stênio de Castro Cavalcante e o Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Assunção do Piauí (STTR) representado por seu Presidente José Caetano da Silva, realizaram uma parceria no último dia 12 de abril de 2013, para que os serviços de atendimento do cartório aconteçam na cidade de Assunção do Piauí, uma vez que este município não dispõe de um cartório.

Segundo Stênio Cavalcante, o mesmo fez várias tentativas de parcerias com outras entidades do município, mas não obteve sucesso, pois segundo ele, é preciso a sociedade local manifestar o interesse pelos serviços e provocar para que a ação aconteça, “agora sim, com o apoio do STTR de Assunção vai ser possível a gente fazer o atendimento lá e, evitar que a mãe Assunçãoense se desloque lá de sua cidade para cá trazendo uma criança de colo e fique muito tempo esperando pela certidão de nascimento do bebê”, disse Stênio.

A parceria foi dialogada na presença da Juíza de Direito da Comarca de São Miguel do Tapuio, Dra. Keylla Raniere, que a princípio achou de fundamental importância e necessária para a população. Para o Presidente do STTR Caetano Silva, esta programação ajudará e muito, principalmente a população rural, que muita das vezes, se desloca até a cidade de Castelo do Piauí para autenticar documentos para processos do INSS, ou até mesmo conduzir uma pessoa idosa e debilitada para renovar uma procuração pública, a partir de agora estes serviços ficará mais próxima das pessoas, “fico feliz por contribuir e proporcionar uma ação dentro do STTR que venha a beneficiar todas às faixas etárias de pessoas, do recém nascido a terceira idade e agradeço a disposição do Cartório Cavalcante Junior nesta ação social”, disse Caetano.

Os serviços do cartório funcionarão na sede do STTR de Assunção do Piauí, na última sexta-feira de cada mês, a partir de 26 de abril de 2013, no horário das 08:00h às 14:00h, dependendo da demanda de serviços poderá ser reprogramado para  duas vezes no mês.

 (Parceria realizada com a presença da Coordenação de Direitos Humanos do Piauí)

 

Fonte/Foto: Redação.         

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!